Pense antes de gastar. Recicle, reuse, reinvente. Doe o que não usa mais. Tente viver com menos. Gaste menos: dinheiro, luz, água, combustível. Diminua o tamanho do lixo que produz. Prefira produtos ecológicos. Adote o pensamento verde. Use a criatividade.



quarta-feira, 3 de agosto de 2011

88 dias sem compras supérfluas

No fim da primeira semana sem compras, fiz um balanço de como tinha sido (você pode ver aqui) e pensei que, ao fim de cada semana (preferencialmente no domingo, quando tenho mais tempo livre), faria o "balanço semanal" escrevendo sobre:
1. Como me senti no decorrer da semana
2. Sentimentos novos advindos da "abstinência" de compras
3. Sentimentos antigos que viessem à tona naquele lapso
4. Dificuldades encontradas no cumprimento de meu propósito
5. Constatações e descobertas relacionadas ao tema
6. Desejos despertados
7. Qualquer outra coisa que me desse na telha, relacionado a viver "UM ANO SEM COMPRAS" supérfluas

Pois é, pessoas, eu sei. Pensar é uma coisa, realizar é outra. Não cumpri este compromisso comigo mesma - e com vocês. Mas hoje, quase noventa dias depois do meu impulso inicial, a dez dias do meu aniversário, estou realizando o "balanço trimestral". E o saldo, acreditem, é muito positivo.

Se eu disser que tem sido a coisa mais fácil do mundo, estou mentindo.
Se eu disser que tem sido a coisa mais difícil do mundo, estou mentindo.
Não tem sido fácil ao extremo, nem tem sido difícil ao extremo. É engraçado como é algo que simplesmente incorporou-se ao meu cotidiano, e que agora apenas "faz parte".

Outro dia, quando conversávamos eu e Maya, ela perguntou "Mãe, porque é mesmo que você começou isto?". E foi, sim, para colocar sob controle minha compulsão de consumo. Não, não era uma coisa doentia (eu acho). Mas como já falei aqui, comprar é uma terapia, sim. E eu era cliente de carteirinha desta terapia. O bom, o gostoso disto tudo, é que em seguida comecei a agregar vantagens nesta história e enxergar coisas que as vezes fazia inconscientemente, e que fazem diferença no mundo - e na minha vida. Estou (bem aos pouquinhos) reorganizando minha casa, minha vida, minha rotina. Estou limpando meus espaços, reaprendendo e aplicando atitudes de reaproveitamento, reciclagem, reutilização, consumo consciente. Descobri em meu guarda roupa novas combinações de cores, texturas, estilos. Descobri novas funções para velhas coisas, voltei a exercitar minha criatividade...

E estes quase três meses passaram-se assim, serenos.


4 comentários:

Marina disse...

OI Lu, você deu uma sumida... tudo bem por aí?

ashenlady disse...

O desafio está fazendo com que deixemos de olhar para fora e começamos a olhar para dentro, do armário, da casa e de dentro de nós mesmas.
Estamos caminhando juntas.

Lucemary disse...

Marina, to voltando!!!!
=)

Lucemary disse...

Ashen, é verdade.
Tem sido um aprendizado muito maior do que eu imaginava quando comecei...
=)
Estamos juntas!!! (E isto é muito bom...)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...